Atualizando informações ...

Ouriço (vol. 2)

Revista em pré-venda. Os exemplares serão enviados a partir do dia 19/08/2022
Disponibilidade: a partir de 19/08/2022

De R$ 72,00
Por:
R$ 57,60
Economize  R$ 14,40

ou 12x de R$ 5,44 com juros
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral
 
Título: Ouriço - Revista de poesia e crítica cultural
Volume: 2
Tema: Os poetas baixaram do Olimpo
Autores: vários
Editores: Daniel Arelli, Gustavo Silveira Ribeiro, Victor da Rosa
Projeto gráfico: Leo Passos
Lançamento: 19/08/2022
Formato: 19,5 x24 cm
Páginas: 208
ISSN: 2764-7560

 


 
 
 

 

Sobre a revista:

 
A Ouriço está de volta, e chega ao seu segundo número apresentando trabalhos visuais de poetas como Nicanor Parra, Ana Frango Elétrico e Joan Brossa; poemas inéditos de Bruna Beber, Edimilson de Almeida Pereira, Rafael Mantovani, Catarina Lins, Leonardo Fróes, Alberto Pimenta, Mônica de Aquino, Rui Pires Cabral, entre outros; ensaios de Marjorie Perloff e Tamara Kamenszain; poesia traduzida, resenhas, fotografias, além de uma entrevista com o poeta Zuca Sardan. Essa nova edição da revista, cujo mote é “Os poetas baixaram do Olimpo”, se debruça sobre o tema Antipoesia, e propõe, a partir dele, pensar a atualidade e os novos desafios entre pensamento e poesia.
 
Os editores Daniel Arelli, Gustavo Silveira Ribeiro e Victor da Rosa assim apresentam a edição:
 
"Tratando de recolher parte da sua tradição e mapear o seu legado, a revista quer observar como a energia contestadora dos antipoetas esteve e está, ainda que nunca dominante, entre as linhas de força da poesia brasileira. Na cena contemporânea sua presença, apesar de rarefeita, é necessária e não se confunde com exercícios fáceis e banalidades. Numa época em que o conformismo se espalha mesmo à esquerda, em que tudo e todos se levam muito a sério, em que a poesia parece de novo bastante satisfeita consigo, a negatividade radical e o humor autoirônico e sem limites dos antipoetas é um antídoto. Contra velhos e novos dogmatismos, sejam eles poéticos ou ideológicos, não se conhece melhor remédio. 
 
Anti-ilusionista, política (mas não gregária), experimental e anárquica, a antipoesia propôs manter-se atenta aos perigos da canonização e da solenidade, pecados capitais. Quer zombar de tudo, principalmente de si mesma. Ao escolher esse tema, em torno do qual os textos deste número se organizam livremente, quisemos trazer para perto da Ouriço a piada e a desobediência. Esperamos que o leitor possa divertir-se, mas que mantenha a pulga atrás da orelha. Não há totens ou tabus, para o pensamento e para a poesia nada deve ser intocável ou sagrado. Deuses, artistas, aspirantes a ditadores: todos como nós, falíveis e ridículos. Os poetas baixaram do Olimpo, e já não era sem tempo."
 

 
Participam da edição:
 
Alberto Pimenta, Alice Sant’Anna, Ana Frango Elétrico, Angela Melim, Antonio Marcos Pereira, Bianca Gonçalves, Bruna Beber, Bruno Rios, Carlito Azevedo, Catarina Lins, Daniel Arelli, Danielle Magalhães, Dossiê DADA, Diane Di Prima, Edimilson de Almeida Pereira, Elias Petropoulos, Elisabete Marques, Elsa Von Freytag-Loringhoven, Fabio Weintraub, Fernanda Morse, Gustavo Silveira Ribeiro, Inês Dias, Jeanne Callegari, Joan Brossa, João Bandeira, João Gabriel Madeira Pontes, João Mostazo, Julia de Souza, Julio Torri, Laura Erber, Leonardo Fróes, Maíra Mendes Galvão, Maria Aparecida Barbosa, Maria Brás Ferreira, Marina Baltazar, Marina Rima, Marjorie Perloff, Mina Loy, Mônica de Aquino, Nicanor Parra, Pablo Simpson, Paloma Vidal, Paulo Henriques Britto, Preto Matheus, Rafael Mantovani, Regina D’olne, Ronald Polito, Ronaldo Brito, Rui Pires Cabral, Stéphane Mallarmé, Tamara Kamenszain, Thadeu C. Santos, Thom Gunn, Victor da Rosa, Viviane Nogueira e Zuca Sardan.
 
 
 
Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...